MOÇÃO DE REPÚDIO AO GOLPE EM CURSO NA VENEZUELA

Liberdade e Luta

50648342_2230782813619787_4607565001601843200_o.jpg

 

Em face dos recentes desenvolvimentos da situação política na Venezuela, a Liberdade e Luta manifesta absoluto repúdio ao golpe de Estado em curso no país, articulado pela oposição burguesa e pelas forças do imperialismo.

                Após a reeleição de Nicolás Maduro, a Assembleia Nacional da Venezuela, dominada pela oposição reacionária ao governo, recusou-se a reconhecer o resultado eleitoral. No último dia 23 de janeiro, o deputado Juan Guaidó, presidente da Assembleia Nacional, autoproclamou-se “presidente interino” encarregado da República Venezuelana.

                Nos mobilizamos em defesa da Revolução Venezuelana. Não apoiamos a política desenvolvida por Maduro — essencialmente uma política de conciliação de classes —, marcada por seguidas concessões aos interesses da burguesia, pela entrega de conquistas da Revolução e pelo bloqueio do ímpeto revolucionário das massas. Para vencer o golpe movido  pelas forças contrarrevolucionárias e superar as duras condições às quais a reação submeteu o povo venezuelano, o governo de Maduro deve se apoiar na classe trabalhadora e levar a cabo todas as tarefas da revolução — expropriar por completo a burguesia, os bancos, nacionalizar as grandes indústrias e coloca-las sob controle operário, abandonando qualquer tipo de negociação com os capitalistas.

                São os trabalhadores venezuelanos aqueles que devem decidir os rumos do país.

 

Tirem as mãos da Venezuela!

Contra a intervenção imperialista!

Viva a Revolução Venezuelana!

Data post