Em votação relâmpago, mais um ataque a educação é aprovado

Daison Colzani
camaradep

Na quarta-feira (13/12) foi aprovado na Comissão de Educação da Câmara de Deputados o projeto que permite cursos de saúde a distância. Em um votação relâmpago sem nenhum parlamentar presente no plenário o presidente da comissão, o deputado Caio Narcio (PSDB-MG) deu mais uma demonstração da disposição de atacar a educação a qualquer custo.

O PL 5414/2016 inicialmente proibia o incentivo ao desenvolvimento da educação a distância na área da saúde, mas o projeto foi alterado e a proposta foi aprovada. As matérias e cursos integralmente EAD tem se espalhado nos últimos anos, a precarização da educação avança a passos largos. Ao atingir a área da saúde um novo patamar é atingido, pois o que podemos esperar de um médico que estou pela internet como fazer um procedimento?

Não aceitamos nenhum ataque a educação. A Liberdade e Luta defende a educação pública gratuita e para todos em todos os níveis, com exploração da pesquisa e extensão. Somente assim que se desenvolveu conhecimento e certamente somente assim que evitaremos propostas esdrúxulas como essa.

Abaixo o EAD na saúde e em todas as áreas.

Queremos Pesquisa e Extensão.

Por Educação Pública, Gratuita e Para Todos em Todos os Níveis.

Data post